4 de mai de 2011

Geografia!

Vamos desenhar mapas? Juntinhos? -n

Geografia, aquela matéria que no primário todos odeiam, no Ensino Fundamental também e no Ensino Médio nem se fala. Aquela matéria que deveria falar sobre localizações, mas fala mais sobre meio ambiente do que qualquer outra coisa. É Geografia ou Sociologia essa porra coisa?

No meu caso, por exemplo, estou no 3º Ano do Ensino Médio, como já disse algumas vezes, e nós não falamos nem sobre meio ambiente e muito menos sobre localizações. Nós, basicamente, apenas tiramos sarro da professora recém formada. Apesar que isso é Bullying, e não deve mais acontecer! Aham, Cláudia, senta lá!

No começo de tudo Geografia é aquela aula aonde você usa basicamente três coisas: régua, lápis e borracha, muita borracha, aliás. Você tem que desenhar mapas de cada um dos 34651576 países da Terra. E tem umas dona professoras chatas bagarai que não deixam tu nem copiar por cima do livro.

Com o tempo os mapas são deixados de lado, o que você pensa ser bom, mas aí começa a se estudar a terra da Terra. Só lembro que existe a erosão. O que é? O que causa? Não faço ideia.
Depois tu passa para montanhas, planícies e picos agudos por mundo a fora. A parte mais "legal" é quando chegam os vulcões. Eles são perigosos e cospem fogo, além de dormir!!

Depois dos vulcões começam, finalmente, as coordenadas. Mas tipo, você aprende hoje e amanhã já esquece. Sem falar dos fusos horários. Alguns livros dizem que no Brasil há quatro fusos horários, outros já dizem só três e eu não sei ao certo. Só sei que eu uso o mesmo de Brasília e foda-se não me importo com o resto.

Por último "estudamos" sobre o meio ambiente. As dona professoras passam enunciados enormes sendo que a resposta é sempre a mesma. E o pior é que elas sabem disso.
Dica: Comece falando da poluição, evolua para as indústrias e termine com a conscientização da população. Não tem erro.
Mesmo que queira, não há como fazer um texto sobre meio ambiente sem falar sobre essas três coisas.

Os livros de geografia sempre vêm com textos enormes, muitos gráficos e mapas. Toda professora que se prese não sabe escrever no quadro. Não possui capacidade de elaborar uma pergunta sequer. Sempre usam os textos dos livros e as perguntas dos livros. Nunca algo de alguma outra fonte Nem Arial, nem Times New Roman, nem Comic Sans!.

Minha professora de Geografia, aquela que é zuada, é mais uma dessas. Se duvidar ela, mesmo com faculdade, não sabe muito mais do que a gente. Se sabe não demonstra muito. Até porque tudo que perguntamos a ela, ela mentaliza, a lá Pai Galo, e diz não saber a resposta. Sempre fala que vai pesquisar, mas até agora não respondeu ainda.

Se você gosta de Geografia, se interne bom pra você. Se não... (Y).

"Be Happy!"

[Sobre a foto: O único mapa que eu gostaria de saber ler!]

3 comentários:

  1. Boa noite Tiesco, tudo bem?

    Antes de tudo, peço desculpas pela suas aulas de geografia. Acredito que sua frustração baseia-se na antiga metodologia do ensino da geografia: entender os fenômenos, sem ao menos experimentar os mesmos!
    Entretanto, compreendo que o mundo ao nosso redor está dinâmico, interativo, globalizado e, sobretudo, pequeno diante das novas interpretações sobre ele. Daí, parto para às seguintes perguntas: o que você espera da geografia? Qual a importância de estudá-la? Você considera uma disciplina fundamental para o seu cabedal de conhecimento?
    Espero suas respostas, para que possamos discutir à respeito.
    Saudações geográficas...
    Prof. Antonio Minoru.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro, estou bem sim, obrigado pelo comentário. xD
      Segundo, eu escrevi isso com uma certa raiva da professora, e como é de costume no blog, exagerei
      propositadamente em tudo.
      Eu acho sim Geografia importante, mas particularmente nunca gostei da matéria, até porque meus professores passavam a mesma matéria todo ano.
      Geografia embasa muita coisa e eu não sei nem metade, graças às aulas medíocres, no sentido mais leve da palavra, que eu tive durante minha formação.
      Quem sabe se não ficassem martelando sempre a mesma coisa na minha cabeça eu até gostasse mais.
      Eu espero honestamente, que o ensino da Geografia tenha mudado. No texto disse que minha professora "sabia menos que a gente", mas isso é mentira. Ela se formou em uma faculdade, passou em um concurso e ganhou o emprego, porém ela seguia a matéria que davam pra ela nos passar. E aí já se trata de uma culpa de outros e não dela.
      Não sei se conseguir responder bem as suas questões, sou péssimo com réplicas. xD
      E se gostou do conteúdo do blog, o que eu duvído, continue acessando! =D
      Saudações blogueiras...
      Eu, Tiesco!

      Excluir
    2. É uma pena que você não tenha tido um bom professor de Geografia. Eu tive dois, e eles são meio que responsáveis pelo meu pensamento crítico atual, pelo interesse que adquiri sobre outros países, outras culturas.

      Excluir