29 de abr de 2011

Casamento Real!

Vamos casar? Juntinhos? -n (Se for guria aí depende)

Como você já deve tá ligado estar sabendo hoje foi o grande dia. O dia do casamento do Príncipe inglês William com a plebéia Catherine (foi assim que alguns sites a chamaram).

Foi uma grande festa. O casório, ao contrário de alguns famosos de 2ª linha, não foi escondido, mas sim televisionado para todo o globo. Apesar que eu acho que não passou na Globo, mas enfim... Eles casaram. Agora a antes plebéia se torna a Princesa Kate, veja só que coisa.

Vários famosões participaram da festa. Tipo Elton John e David Metrosexual Hum, Boiola Beckham, só sei desses dois, mas deve ter ido mais gente, principalmente artistas ingleses.

A cerimônia deve ter tido, mais ou menos, uma hora de duração, como de costume, e ao final os "pombinhos" deram um beijinho. Que cute. O beijo durou menos de uma fração de segundo, mas 'belêz'.

O que me chamou mais atenção foi o fato de que... Nada me chamou a atenção. Nada. Simplesmente os "moçoilos" se casaram, só mais um casalzinho famoso andando de alianças por aí.

O dia em que eles assumirem a coroa inglesa, aí sim merece toda essa atenção. Mas enfim, felicidades ao 'casalzín' e que a Lua de Mel seja das bem proveitosas.

"Be Happy!"

Post ao som de: Judas - Lady Gaga

26 de abr de 2011

Texto Aleatório!

Vamos escrever qualquer merda coisa? Juntinhos? -n

Today's post will be a little different on some aspects. First: Eu não vou escrevê-lo em inglês; Segundo: Não estou muito bem da cabeça para criar um post extraordinário; Terceiro: Não vai ter nada de diferente pelo visto. xD

Enfim, alguns acontecimentos dessas últimas semanas me levaram a entender que os Correios são as empresas mais filasdasputas salafrárias do Brasil.

A finalidade dos Correios é entregar as coisas. Só isso. O grande problema é o preço que eles cobram, muitas vezes beiram o absurdo. Pra entregar uma camisa, por exemplo, de Caieiras até Pinhalão, minha cidade, fica em 12,96. Com 12,96 dá pra comprar uma nova camisa! Paraguai, mas dá!

Alguns sites de compras via internet pagam o frete pra você a partir de um certo valor, o que eu acho espetacular. Acho que até hoje nunca comprei algo com frete. Geralmente o valor que deve ser ultrapassado é alto, ou não. Depende se a loja é "gente boa".

Existe o Sedex, que se compararmos os Correios a um download o Sedex seria uma premium account. Que entrega as coisas, as vezes, até antes de quando você pede. Só que o preço é quase o dobro.

Os correios, pelo menos daqui, têm a péssima mania de esquecer de entregar as contas em nossas portas. Tipo contas de telefone, internet, banco, cartão de crédito, etc.
Acho que eles fazem parte de uma conspiração aonde a própria empresa para quem você deve pede para os Correios não entregarem a conta e você esquecer de pagar, portanto no próximo mês a tal empresa cobra uma bela de uma multa. Vai saber?!
Mas se isso acontecer você pode recorrer com a empresa ou com o próprio Correio. Quer dizer... Pelo menos eu acho isso... Enfim...

Correios, FUCK YOU!
Bem mais fácil mandar um parente que está vindo pra região entregar.

"Be Happy!"

Post ao som de: Apertei o pause faz uns 40 minutos e esqueci, então não vale.

18 de abr de 2011

Wasting Light!

Vamos ouvir? Juntinhos? -n

Wasting Light, lançado dia 12 de Abril de 2011, é o sétimo álbum de estúdio do Foo Fighters. Segundo o próprio Dave Grohl, vocalista da banda, o CD é o "mais pesado" de todos. Isso se deve ao fato de que Grohl é fã de Heavy Metal e queria colocar um pouco disso no álbum.

O CD conta com 11 faixas e 12 na versão International Superstar Soccer Deluxe.
É o primeiro CD da banda que inclui o avulso do Pat Smear como integrante oficial. E isso porque ele já tocava com a banda em meados de 1997, quando a banda foi criada. Ele voltou com a banda em 2006 e participou das gravações e da turnê do "Echoes, Silence, Patience & Grace" (2007).

O álbum tem a participação de Krist Novoselic tocando contra-baixo na faixa I Should Have Known. De famoso mesmo só ele.

Bridge Burning é a primeira e logo de cara já dá para ter uma ideia do que virá pela frente. Com guitarras rápidas é uma boa música. Refrão pegajante, bom riff, bateria muito acelerada e com o Dave gritando em boa parte dela.

Em seguida vem a Rope, que foi o primeiro Single do disco. Uma música bem alternativa, com um riff "estranho" e um com um efeito na voz do Dave para se cantar o verso. Ela possui o solo mais foda do álbum. Aliás, é quase a única música com solo.

A Dear Rosemary é uma das melhores, bem ao estilo Foo Fighters mesmo. Calma, dentro do "normal" estipulado pela banda ao longo de sua carreira. Com direito a solinho na Intro e no Refrão. Uma música pra entrar em algum Best Of futuro.

White Limo é o segundo Single do álbum e também já possui videoclipe. Pode classificar ela como Screamo, mas com guitarras não tão pesadas. Seguida de Arlandria, que é bem oposta. A música é boa, tem o melhor refrão do álbum.

These Days, não sei porque, me lembra um pouco a Times Like These. Acho que ela foi feita para a Rádio, sácas? Musicalmente ela não tem nada a ver com a Times Like These, mas vamos tratá-la como a "Times Like These II", tipo a Unforgiven do Metallica. Só pra esclarecer não li a letra.

A 7ª é a Back And Forth que tem aquele clássico verso com guitarras "abafadas", como costumamos chamar, que vão crescendo aos poucos. Uma música que está no álbum só por estar, pois não acrescenta nada de mais ao mesmo. Back And Forth também é o nome do documentário sobre a banda, lançado pouco tempo depois.

A Matter Of Time é uma música com riffs bem simples, mas ao mesmo tempo, gostosos de se tocar. Ela segue o mesmo estilo da Back And Forth, música com verso abafado. Mas o refrão é muito bom, mesmo!

Apesar das viradas estranhas, a música Miss The Misery pode ser considerada a melhor do álbum só pelo verso, refrão e "bridge". É uma das poucas músicas com solo, mesmo que bem discreto.

A I Should Have Known vem em seguida com um verso muito bem trabalhado, apesar de repetir I Should Have Known quase que a música toda. Deve ser por isso que esse é o nome. É uma música bem calma e possui até violino. É nela que Krist Novoselic participa tocando contra-baixo.

A última, na edição normal do disco, Walk, é aquela música que lhe coloca pra cima. Realmente ela te dá um Up conforme acelera. A letra deve ser sobre algo a ver com superação e coisas assim. Se não é deveria ser. A única música que dou certeza que quase todos que ouvem Rock N' Roll podem gostar.

A Bônus, que só vem na versão International Superstar Soccer Deluxe é a Better Off, também pensei na Best Of You quando li o nome. Segue bastante o estilo do álbum. A voz do Dave lembra um pouco a do Ozzy no verso. Tenho a impressão de já ter ouvido um verso MUITO IGUAL em alguma outra música, só não sei qual. Apesar de tudo, não é lá tanta coisa.

A banda fez uma apresentação OnLine aonde toca, muito bem por sinal, todas as faixas do álbum, menos a Better Off. Você pode assistir clicando aqui, recomendo.
É um bom disco. Ouça, baixe e/ou compre-o! =D

Post ao som de: Dear Rosemary - Foo Fighters

11 de abr de 2011

Videocast!

Vamos assistir? Juntinhos? -n

"Aaaleluia, Aaaleluia / Aleluia, Aleluia / Aleeluuiaa"

Depois de muito tempo, muito tempo mesmo, gravei um vlog. Apesar que nem sei se posso chamá-lo de vlog, mas enfim.

Um vídeo onde basicamente... Eu espero o mulequinho calar a boca ficar quietinho pra eu falar.
Ele quase não ficou, mas voltando ao vídeo.

Eu só pedi desculpas e... ... Enrolei. Igual estou fazendo aqui agora!

"Ó o vídio aki, manu":

O que achou? Mande críticas ofensas e sugestões de músicas para:
Twitter: @Tiesco_666
MSN: coestipimentel@hotmail.com
Orkut: Tiesco ...
Ou nos comentários! =D



Post ao som de: Walking After You - Foo Fighters

8 de abr de 2011

Iron Maiden 05/04 Curitiba Rock City!

Vamos ficar loucos? Juntinhos? SIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIMMMM PORR*

Estou aqui pra falar sobre um sonho que muita gente quer realizar. E eu tive o privilégio de conseguir! Muitos querem postar um post(?) aqui no Rock N' Games, mas o @Tiesco_666 não deixa. Então, ele deixou SÓ EU postar aqui, tenham inveja mutherfuckers! piadafail

Ta.. falando sério agora!

Tudo começou quando eu nasci, 15 anos atrás. A paixão pelo metal sempre foi tão imensa que quando fui passar no detector de metais, os seguranças pediram pra eu tirar minha roupa inteira, eu tirei, e a máquina continuou apitando, porque o metal ta no meu DNA! fail again.

Enfim, vou parar de encher linguiça e falar sobre o assunto que vim postar.. É sobre o Iron Maiden!

Se você lê esse Blog, provavelmente deve ser um grande fã dessa banda Perfeita! Dia 5 de abril de 2011 eu realizei meu sonho de criança, que foi ver o Iron Maiden de perto! E bem perto! Vou colocar aqui tudo o que um grande fã da banda sentiu antes, durante e depois do show.

Dia 6 de novembro de 2010, O Iron Maiden anunciou as datas da segunda parte da turnê deles, THE FINAL FRONTIER WORLD TOUR 2011! Desde então, a felicidade tomou conta de mim, pois já era de certeza que eu iria ao show em Curitiba, por ser o lugar mais perto da onde eu moro!

Enfim.. Eu não conseguia parar de pensar nesse show, era simplesmente 24 muitas horas por dia escutando Maiden e imaginando como seria o grande Show. Até que, depois de muita espera, chegou o GRANDE DIA! Dia 5 de abril, saí de Santa Catarina, rumo à Pinhais Curitiba.

Foram 5 horas de viajem até o hotel, escutando cd's do Maiden a viajem inteira! Eu estava transbordando de felicidade, porque meu sonho estava pra se realizar, com certeza foi a tarde mais longa da minha vida, mas eu já tinha esperado minha vida inteira por isso, então por que não esperar mais um pouco?! É realmente foda esperar várias horas sabendo que o Iron Maiden está por aí, na mesma cidade que você, e que está prestes a subir no palco e deixar milhares de pessoas emocionadas e realizadas, e é ainda mais foda saber que você é uma dessas pessoas! Então, deu 5 horas da tarde, eu e meu padrinho fomos tomar banho (um por vez, seus mentes poluídas motherfuckers!) e comer alguma coisa antes de ir pra fila.

Chegando lá, 6 horas da tarde, na arena Expotrade, a fila estava gigantesca, nossa sorte foi que um cara que deixou passarmos na frente dele. 1 hora depois, chegando na entrada para a pista VIP, eu fiquei com muito medo, pois segundo informações da ingressorapido.com.br, menores de 16 anos não entrariam no show nem mesmo com algum acompanhante responsável. Para garantir, eu perdi meu tempo fazendo autenticação no cartório para ter mais chances de entrar no show.

Já era 6 e meia, e aquele medo e ansiedade e emoção e o caralho a 4 estavam me corroendo por dentro. Chegando na entrada, um segurança me revistou, em seguida dei meu ingresso pra moça, eu estava com muito medo de ela me barrar, mas nem pediu nada, isso que era obrigação deles olhar carteirinha de estudante para quem tinha ingresso meia-entrada!

7 Horas, finalmente entrei no local do show, nenhuma palavra pode descrever o que eu senti quando consegui entrar, pois já sabia que ia acontecer! Quando cheguei lá, vi uma sacanagem com o pessoal da pista normal, pois praticamente 70% do local era área vip, prejudicando muito quem foi pra pista normal! Mas enfim, não liguei pra isso, afinal eu estava na vip MUAHAHAHAHAHAHAH.

7:30, entra o Motorocker no palco, fazendo o esquenta pra galera... A empolgação não foi tanta, porque todos estavam muito loucos pra ver o Maiden, inclusive eu, claro. Mas a banda mandou bem, tocaram umas 6 musicas se não me engano, todos da banda mandavam muito bem, o vocalista não parava de falar palavrão, chegava a ser engraçado, ele disse que era uma honra em abrir o show da maior banda de metal de todos os tempos e disse que era o dia mais feliz da vida dele! 8 horas, Motorocker se despediu e saiu do palco. Então começaram os ajustes e testes finais para a entrada do Maiden, e a cada segundo que passava, a felicidade e a emoção só aumentavam!

9 Horas, após muito tempo em pé e tirando várias fotos, as luzes finalmente se apagam e começa a tocar a intro da Satellite 15... The Final frontier. A partir daí, eu virei outra pessoa, fiquei muito louco com as imagens que apareciam no telão e com aquela introdução foda! Eu sabia que era a hora.. Os meus ídolos estavam ali, dividindo o mesmo chão que os fãs, esperando pra entrar e fazer mais uma apresentação FODA!

A intro ficou muito longa, no telão apareciam imagens do Bruce e Eddie, enquanto isso, ninguém parava de gritar, afinal, não tem como não ficar louco num show do Maiden! A intro finalmente terminou mostrando uma grande explosão do mundo.

ERA A HORA! As luzes se apagaram por um segundo, esse segundo foi o suficiente pra ver os caras já no palco, desde então a piração começou!As luzes se acenderam, o Iron Maiden entrou no palco! Não dava pra acreditar que estava acontecendo, era muita emoção.. Tanta emoção que eu estou quase chorando por causa das lembranças que tenho aqui AUHAUHA. A banda entrou com tudo, como de costume, Bruce fazendo suas piruetas e correndo de um lado para o outro, Dave e Adrian do lado direito do palco (bem perto de onde eu estava), Steve e Janick do lado esquerdo e o Nicko lá atrás. Ninguém conseguia parar de cantar e pular, não tinha ninguém parado!

Emocionante demais, o Bruce pedindo pra galera cantar o refrão da The Final Frontier junto com ele. Chegou o fim da primeira musica, em seguida veio El Dorado, que já foi emendada com a primeira. ''SCREAM FOR ME CURITIBA!!!!'', Nossa.. Essa frase vai ficar marcada pro resto da minha vida, com certeza. El Dorado foi tocada muito bem, com muita interação do público.. O publico parece ser um sétimo integrante da banda!

Acaba a segunda musica e já entra com tudo Two Minutes To Midnight, mais um ''SCREAM FOR ME'' e mais emocionante ficou o Show. Todos pareciam estar fora de si mesmos, hipnotizados pelo som e pelo momento que o IRON MAIDEN deu para nós! Isso permaneceu durante todo tempo, todas as musicas com interação do publico e todos tirando o pé do chão batendo cabeça e cantando as musicas junto com a banda. Acabou Two Minutes, começou a obscura The Talisman, confesso que não ia muito com a cara dessa musica, mas depois de vê-la ao vivo, ficou muito foda! A intro, a parte em que fica mais pesada, os gritos afinadíssimos do Bruce! Tudo igualzinho no CD *--*!

Em seguida, um pequeno discurso do mestre e anuncio da musica COMING HOME! Meu deus.. Que momento perfeito, cheguei a chorar! Essa musica meio balada deixa qualquer um louco, ainda mais ao vivo! As luzes se apagaram novamente, começou a voz que introduz DANCE OF DEATH e o fundo do palco mudou! Janick começou a tocar a intro no violão, Bruce foi pra frente do palco e começou a bater palmas, não deu um segundo e todos já estavam batendo palmas com ele, realmente foi muito foda, não consigo descrever direito o momento! Todos cantaram a musica junto com ele! Acaba Dance of Death, o fundo muda de novo, conseguimos ver o Bruce lá em cima com uma bandeira, então começa THE TROOPER! A galera ficou mais agitada ainda, começou o quebra-quebra, ninguém conseguia se controlar, ainda mais quando o Bruce falava: ''Curitiba!'', e a galera: ''ÔoÔoÔoÔoÔoÔ'', e também o Steve metralhando todo mundo com seu baixo AUEHAE.

Dave, Adrian e Janick executando solos e riffs perfeitos em todas as musicas desde o início do show, e todos os integrantes com uma presença de palco incrível e cativante. O fundo muda de novo, Bruce tira a roupa especial e toca a bandeira fora. Em seguida foi The Wickerman, acho que nessa musica eu já estava quase sem voz kkk. ''YOUR TIME WILL COME, CURITIBA, YOU'' e a galera repetia! Holy fuckin' shit, que saudades que da só por estar contando isso pra vocês :/

Acabou The Wickerman, todas as luzes acenderam e a banda ficou no palco ''viajando'', enquanto Bruce foi ali pra frente do palco fazer um belo discurso. Primeiramente ele disse que Curitiba ia fazer parte do novo DVD da banda! A partir daí a galera nem deixou ele falar, todos fora de si mesmos gritando ''OLÊ.. OLÊ OLÊ OLÊ, MAIDENN MAIDENN!''. Todos pararam de gritar, Bruce elogiou os Brasileiros e falou um pouco sobre os lamentáveis terremotos ocorridos no Japão. Ele também disse que não importa raça, sexo ou religião, o que realmente importa é que todos que estavam ali eram fãs de IRON MAIDEN, disse que todos éramos irmãos de sangue, em seguida anunciou Blood Brothers!

Blood Brothers.. ah que musica perfeita, ainda mais quando se vê de perto. Solos perfeitos, presença de palco perfeita! O publico interagindo perfeitamente! Foi foda... DEMAIS MESMO! Mais uma vez, o fundo mudou, era vez de ''When The Wild Wind Blows''... Nessa musica o publico não cantou muito, pois poucos sabiam a letra. Mas interagiram bastante com palmas e pulos de acordo com a música.

Terminando, entrou The Evil That Men Do. Nessa hora veio um homem falar comigo. Eu não entendia direito o que ele falava lol mas foi mais ou menos isso: ''PORR* cara, parece que eu to em 88 de novo, quando essa musica foi lançada.. É emoção demais!'' E nós dois ficávamos cantando a musica, na maior empolgação. Assim como todos que estavam ali.

Nicko, em seguida, bate quatro vezes no prato e começa a lendária Fear of the Dark. Não preciso nem falar.. Foi um momento mágico! A galera cantando ôÔôÔô junto com os instrumentos, o Bruce pedindo pra galera cantar, todos batendo cabeça no refrão.. É, é bem como você vê nos vídeos mesmo, só que infinitas vezes melhor! Em seguida, IRON MAIDEN! Empolgante demais, no meio dela entrou o Eddie! Todos piraram, foi demais ver ele ''brincando'' com o Janick enquanto o Bruce falava: ''SCREAM FOR ME CURITIBA!''.

O Iron então sai do palco... 3 minutos depois começa a voz de The Number Of The Beast, a galera não sabia se falava junto ou se ficava gritando! Entrou as guitarras e o baixo e em seguida o vocal e a batera. É INCRIVEL AQUELE GRITO QUE O BRUCE DÁ! É INCRIVEL MESMO, parece que a voz dele entra no seu ouvido e meche nos seus órgãos por dentro! No final da musica, ao invés de cantar a letra certa, ele grita: ''I WILL MAKE CURITIBA FUCKING BLOWWWW''. Putz,foi como..foi como.. Não tem como comparar um momento desse com nada, realmente não tem!

A cada musica a emoção só aumentava! Então Dave começou a intro foda da Hallowed Be Thy Name, uma das minhas favoritas. Há essa hora eu me dei conta de que o sonho estava sendo realizado, e que só seria realizado quando tudo acabasse, quando o Bruce falou: “Life down Here is just a strange ilusion'', sei lá, me bateu uma piração. Cheguei a chorar de novo, ouvindo aquele riff foda sendo feito por todos da banda e com o Bruce mais uma vez ''SCRAM FOR MEEEE!''. Todos da banda nao pararam um segundo! Sempre se movimentando e deixando todos mais loucos ainda! Janick sempre com seus malabarismos com a guitarra AHAIJHAAUHAHU. Por fim, Hallowed acabou e começou a bateria da Running Free, a ultima música :/

Confesso que eu acharia melhor eles fecharem com outra musica, como Run To The Hills. Mas mesmo assim foi bom demais, Bruce apresentou a banda, girou seu gorro, tocando suor em todo mundo e em seguida tacando-o pro publico. caiu muito longe de mim ¬¬’ É.. O fim, a banda se despediu, Nicko tacou suas baquetas pro público, Adrian, Janick, Dave e Steve suas palhetas e por fim foram embora.

A piração continuou, todos cantando ''''OLÊ.. OLÊ OLÊ OLÊ, MAIDENN MAIDENN''! Mesmo depois de ter acabado.

Então os portões se abriram, eu estava realizado, decidi comprar outra camiseta, pra recordação daquele momento INCRÍVEL! Eu estava rouco demais, praticamente sem voz e com as pernas ''quebradas''. E ainda eu e meu padrinho tivemos que andar mais uns 3 km até o hotel porque não conseguimos Táxi AUHAHU. Chegamos ao hotel, comemos uma pizza, tomamos banho (um de cada vez, motherfuckers) e fomos dormir, ainda alucinados pelo show do Iron Maiden.

O sonho finalmente tinha se realizado e desde então, eu estou transbordando de felicidade! A saudade é imensa, mas as recordações vão ficar no meu coração pra SEMPRE! Com certeza faria tudo de novo, mesmo com todas as despesas e mesmo com as pernas ''quebradas''.

Infelizmente meu amigo não pode ir, mas relaxa irmão, um dia da certo!

Sou Gustavo Oenning de Oliveira, postei aqui porque o Tiesco pediu... Mas adorei e quero compartilhar esse relato com todos os fãs e aos amigos que tiverem paciência de ler isso!

Corram atrás de seus sonhos mais loucos, esse é o melhor jeito de obter felicidade eterna!

Post ao som de: QUALQUER MUSICA DO IRON MAIDEN, PORR*

2 de abr de 2011

Letras de Músicas!

Vamos ler? Juntinhos? -n

A maioria das pessoas que lêem meu Blog provavelmente gostam mais de músicas estrangeiras, de bandas estrangeiras, etc. Obviamente, as letras das músicas estão em outra língua. E é comum as pessoas não saberem o que estão cantando.

A letra é a essência de uma música, quando essa música não é instrumental, ao menos. É nela que os compositores expressam seus sentimentos, sejam eles raiva, amor, angústia, amor, decepção, amor, alegria, amor, etc, amor. Ou as vezes não expressa nada, simplesmente o cara escreveu por escrever.

Algumas letras contam histórias, sejam verídicas ou coisas imaginárias. Uma banda que é "craque" em contar histórias em suas letras é o Iron Maiden. Por exemplo a Alexander The Great, com 8:35 de música e com a letra contando, em parte, a história do Alexandre, o Grande. Mas eles não apenas contam a história, eles contam a história RIMANDO. Durma com essa!

As vezes, as pessoas se decepcionam ao olhar as traduções de sua banda favorita. "Ah, eu achava que fosse mais legal!". Isso acontece por vários motivos: Um deles é porque, já que ela não sabe a tradução não sabe o contexto com que a letra foi escrita, ficando totalmente perdida.
Outro é porque se a música rima na sua letra original, provavelmente não rimará em nada na sua tradução. Os outros eu não sei citar. xD

Existem músicas com temas macábros, que nem é melhor você olhar a tradução. Outras suicidas, como a Suicide Solution do Ozzy. Algumas xingam Deus e falam do Capeta Tréco Rúim Cão Diabo, como a maioria do Black Sabbath e Slipknot. Outras já são o extremo oposto e são regionalistas, Lynyrd Skynyrd que o diga.

Existem também as músicas com letra sobre coisas muito aleatórias. Sei que existem, só não sei citar nenhuma! xD. Tem o Muse, que adora escrever sobre espaço cideral e essas coisas, encaixe nessa categoria se você quiser.

Se você olhar a tradução de algumas músicas do System Of A Down, verá que quase todas são sobre questões humanitárias, sobre racismo, governo, etc. A música B.Y.O.B (Bring Your Own Bombs) é uma crítica direta ao governo de George W. Bush. Algumas, eu disse algumas, músicas do Nickelback também se encaixam nessa lista.

Mas a grande maioria mesmo é sobre Amor. *-*. Até eu já escrevi sobre isso, escrevi por escrever, mas enfim... Letras apaixonadas, que cativam guriazinhas por todo o globo. Geralmente acompanhada de um violãozinho então... Receita de sucesso (ou não).

Eu prefiro muito mais uma música que eu não saiba a tradução, do que músicas brasileiras. Não sei por que, mas tenho ódio mortal por quem rima "er" e "você". ISSO NÃO RIMA, CARALH*!
Por isso evito bandas brasileiras que cantam em português!

Então, se você sabe que os compositores da sua banda predileta são bons, leia as traduções. Se não confia muito, melhor nem olhar! Sério!

"As vezes eu não gosto muito do exercicio de escrever musicas, porque elas me trazem alguns sentimentos ruins dos quais eu não gosto de me lembrar."
(ROSE, Axl)

"Be Happy!"

[PS.: Não sei quem é o manolo da foto!]

Post ao som de: I Am The Highway - Audioslave