25 de jul de 2011

Amy Winehouse!

Vamos chorar? Juntinhos? -n
Tá, não é pra tanto.

É, mais um famoso morreu na internet, só que dessa vez morreu de verdade. Estou falando da Amy Adega Winehouse que faleceu um dia desses aí.
O laudo da autópsia ainda não saiu, mas ninguém ficará surpreso se ela tiver morrido por alguma overdose de drogas. Não! Ela morreu por overdose de Catchup!

Amy só lançou dois CDs ao longo de sua curta carreira. Dizem que o terceiro estava quase pronto, mas acho que nem vai ser terminado Por que será?!.
Foi só com o segundo álbum, o Back To Black, que Amy ganhou notória fama pelo mundo.

Junto com a fama por cantar bem, muito bem, aliás, veio a fama de encrenqueira bêbada. Amy fumava e bebia quase que tudo que via pela frente. Sem medo de ser feliz qualquer consequência que poderia ocorrer. Talvez isso a tenha matado. Vai que... Você sabe, né...

Amy também entrou para um seleto grupo do mundo da música. Um grupo que poucos músicos querem fazer parte, mas que muitos fazem: o Clube dos 27.
É o grupo dos artistas que morreram as 27 anos. Nesse grupinho badalado estão Jim Morrison, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Brian Jones, Kurt Cobain e agora Amy Adega Winehouse.

O problema é que os canais de Televisão ficam fazendo especiais durante 70 semanas, sem falar na legião de novos fãs. Aliás, gente morta atrai fã... Morta de espírito, de decência, de compaixão pelos ouvidos alheios, etc.

Bom, Rest In Peace, Amy. Se tiver drogas no céu ela está em casa!

"Be Sad!"

Post ao som de: Coming Home - Iron Maiden

22 de jul de 2011

Galo!

Vamos cacarejar? Juntinhos? -n

Também não entendi o tema.
Estava eu pensando sobre o que escrever e já que estou com um "baita" galo na cabeça pensei em escrever sobre isso.

Galo, não sei por que usar esse "apelido" para quando a anta se bate a cabeça e aparece um caroço. Não há uma explicação lógica que eu conheço, mas nem precisa. Galo é fácil de lembrar.

Galo é o nome do marido da gala galinha. Quando um pinto crescer... Ele quer tchupléqui tchuplin no ratioflái se torna um galo.
Quem é da cidade grande não tem convivência com esse bicho. Eu, mesmo morando no centro da cidade, ouço um motherfucking galo cantando toda a manhã às 5 horas em ponto. É esse o horário que eu estou dormindo ultimamente.

Há a Missa do Galo também. É celebrada na noite de Natal, ou algum dia perto desse. Deve de ter esse nome porque é feita tão tarde que chega a ser cedo. É o Papa quem reza a missa e ele deve de tomar uns 50 Red Bulls pra aguentar toda a cerimônia, aquilo deve de dar um sono.

Por falar em bebida, tem também o Rabo de Galo. Eu nunca bebi e não sei se vem alguma pena por cima do copo ou algo do tipo. Só sei que tem esse nome, agora o por quê? Não faço ideia!
Sei que dá pra ficar lelé bêbado de boa. Você, depois de bêbado, pode cair bater a cabeça e fazer um galo.
Só pra constar: Não foi assim que consegui o meu! Na realidade eu não sei como consegui, só sei que está doendo bagarai.

"Be Happy!"... Se tu bater a cabeça vai ser difícil!

[Sobre a foto: Quem nunca se perguntou desde quando o Van Damme tem aquele galo na testa?]

Post ao som de: Não ouvia nada.

15 de jul de 2011

Texto Aleatório!

Vamos escrever qualquer merda coisa? Juntinhos? -n

Sobre o que escrever? Dúvida permanente na minha cabeça. A cada 7 pessoas que eu pegunto algo, 6 delas respondem "sei lá". A outra diz isso depois de dois temas recusados.

"Sei lá" se duvidar é a frase mais usada por todas as pessoas do mundo. Só que cada um em seu idioma, claro. "I don't fucking know" em inglês e "¡Yo no lo conoco, señor!" em espanhol, por exemplo.

Todo mundo diz ao menos umas cinco vezes por dia. Quase sempre em resposta a alguma pergunta direta. É usada principalmente quando você não sabe de algo. Ou quando você está com preguiça de pensar, ou ainda quando você não está prestando atenção no que a pessoa está falando. Neste caso é dada uma risada primeiro e depois o "sei lá" é dito.

"Sei lá" é omissão de opinião. É dito para não humilhar seu amigo que fez uma hagada coisa e te pergunta: Ficou bom? . Sei lá, eu gostei! -NOT. Gostou uma ova. Você só é amigo de mais para magoar o coraçãozinho bondoso do ingênuo cagão amigo.

Sei lá como acabar essa joça de post experimental do universo masculino. Aliás, hoje é dia do Homem. Sei lá porque disse isso.

"Be Happy!"... Sei lá como.

Post ao som de: Pretty Tied Up - Guns N' Roses

12 de jul de 2011

Rodeio!

Vamos "muntá nus tôr"? Juntinhos? -n

Ihha, rodeio! Época de festa! A maior comemoração da minha e de muitas outras cidades interioranas. Vem gente de fora, artistas "famosos", cornos touros famosos e locutores já consagrados (também não entendi).

Muita gente espera o ano todo para essa festança. Há até desfiles para eleger Rainha da Inglaterra, Princesa e a Plebéia e Miss Simpatia haha, perdeu. Elas têm um papel importante no momento do rodeio, só não sei qual é.

A cidade inteira entra no clima (não que já não esteja sempre, já que a cidade fica no meio do mato). Restaurantes temáticos (só na por fora, porque a comida nem é), ruas enfeitadas, sem falar no campo de futebol, que é transformado na arena.

O rodeio em si, nem é tão aguardado assim. O que o povo realmente quer são os Shows que vão acontecer. E esse ano promete, hein?! A taxa de suicídio chegará a níveis inimagináveis. São grupos/duplas sertanejas quase que sempre. Sem músicas originais, só covers. O que o povo não reclama, já que só estão lá pra festar mesmo.

O rodeio quase sempre deixa a desejar, apesar que faz 3 anos que eu não vou. Os "cavaleiros" (não achei modo melhor de chamá-los) são ruins, não aguentando ficar nem 5 dos 8 segundos necessários. Quando ficam é porque o touro ou cavalo estava com preguiça de pular.
O legal mesmo é aquela parte aonde colocam uma mesa na arena e um monte de gente sentados, daí soltam um touro e ele sai acabando com todo mundo! *-*

Eu acho que vou ter de trabalhar nos dias do rodeio boa, patrão, mesmo eu não indo de qualquer forma isso é desumano, pô!
Só há um motivo que me faz querer ir lá: Ver os nêgo peões se fudêno dando mal e as gatxenhas, que não vão ser poucas. Se elas vão me dar bola ou não é outra coisa.

Se tu gosta de sertanejo e de terra é o lugar ideal pra ti. Se tu gosta de Rock N' Roll, arrume bons fones de ouvidos e vá de qualquer forma, vai ter gatxenhas bêbadas dando mole, óras.

"Be Happy!"... Mas não se vista de Cowboy, por favor!

[Sobre a foto: Só coloquei pela piada!]

Post ao som de: Still Unbroken - Lynyrd Skynyrd

8 de jul de 2011

Sick Puppies!

Vamos ouvir? Juntinhos? -n

Fazia tempo que não procurava algo novo pra ouvir, eis que uma música dessa banda me aparece na trilha sonora de um filme. Já a conhecia da trilha sonora do game WWE. Se as outras forem iguais a essa a banda merece ser conhecida.
Banda do Mês de Julho: Sick Puppies.

Demorei bagarai muito pra achar o nome da música. Era a You're Going Down, a melhor deles. Com guitarras pesadas, um baixo marcante e uma parte gostosa de headbangear.
A banda é australiana, mas não possui cangurus como integrantes. Ah.. =(

Sick Puppies lançou seu primeiro CD em 2001, o Welcome To The Real World, que é uma bosta. É um Pós-Grunge-Rapper com baixo de "slap" a lá Flea. Um fato interessante é que: O bassman is a woman. Muito boa, por sinal. Nos dois sentidos. O mano lá que canta, estou com preguiça de procurar o nome, tem voz MUITO adolescente. Daquelas chatas de ouvir.

O segundo CD, Dressed Up As Life, de 2007, já é bem melhor. Algumas músicas são emos, outras beiram o Screamo e outras chegam a lembrar Nickelback. O instrumental deixa de ser repetitivo e passam a vir solos, ou bases muito bem soladas. O vocal dá uma melhorada legal e ele começa a gritar, bem até.

O terceiro e último CD é o Trilegal-Polar, que foi lançado em 2009. Que não diferencia-se muito do Dressed Up, só as guitarras mais pesadas e a voz ainda melhor do manolo lá. No Trilegal-Polar a banda começa a experimentar alguns efeitos muito locos. Não sei se é teclado, ou sintetizador, ou pedaleira, mas de qualquer modo, muitos efeitos são usados.

Se você gosta de Screamo, vai gostar de Sick Puppies. Se você gosta das músicas calmas do Nickelback, vai gostar de Sick Puppies. Se você gosta de música, talvez goste de Sick Puppies. Se você gosta de Pagode, vai tomar no centro do seu furébis está no Blog errado.

Se quiser ouvir a banda comece por Survive, You're Going Down, All The Same, White Balloons, Pitiful, Should've Know Better, The Bottom e So What I Lied. São as que eu mais estou ouvindo. =)

"Be Happy!"

Post ao som de: Riptide - Sick Puppies

5 de jul de 2011

Emprestar!

Vamos emprestar CDs? Juntinhos? -n

Emprestar é o ato de dar algo a alguém com a intenção, ou melhor, com o pressentimento de que a tal pessoa devolva, em bom estado, aquilo que ela levou. Quase nunca isso acontece.
Quando se empresta algo a alguém a primeira preocupação da pessoa é em que estado aquilo que foi emprestado voltará, não é nem o tempo que ficará com a outra pessoa.
O mínimo que se deseja é que a pessoa cuide daquilo, porque é meu. Poucos realmente cuidam, por isso que emprestar dá medo em muita gente.

Geralmente quem pega emprestado desleixa-se, deixa de cuidar, porque esquece, porque está com preguiça, por vários motivos, mas todos levam ao estrago do que foi emprestado. As vezes você tem sorte e o estrago não é total.

Pior é quando a pessoa estraga e começa a fugir de você, mesmo que você tenha esquecido daquilo. Quando você se lembra, você percebe no olho dele o medo: "Filha da puta mãe! Estragou meu tréco!"

Emprestar é fácil, díficil é devolver.
Há gente que nem eu, com a péssima mania de cobrar constantemente às pessoas, e mesmo com toda a cobrança elas acabam demorando ainda pra devolver. E não é nem porque esquecem, é por filha da putice, mesmo!

Há também gente com "fama". São aqueles que emprestam de todo mundo e sempre, mas sempre, devolvem estragado. Esses pelo menos devolvem. Há outros que simplesmente não devolvem.

Vivo neste dilema. Nunca empresto nada a ninguém, quando empresto não devolvem e quando devolvem, se devolvem, volta estragado.
"I emprestate / And you don't devolve / All discs go and go back esculachado" - Massacration

Não seja motherfucker mais um chato, devolva aquilo que você empresta e em bom estado. É melhor do que ficar com fama, vai por mim!
E nunca, em hipótese alguma, empreste dinheiro a alguém. É melhor ficar com fama de pão duro do que de um cobrador chato.

"Be Happy!" Com as suas coisas...

[Sobre a falta de foto: Não achei uma que se encaixasse no assunto!]

Post ao som de: As caixinhas não estão a funcionar.

2 de jul de 2011

Skyline: A Invasão!

Vamos assistir? Juntinhos? -n

Não, este não é um filme sobre alguma invasão de carros Skylines que tomam vida e se transformam em robôs. É sobre uma invasão alienígena, um tema já batido hoje em dia. Mas ele é abordado de um jeito diferente neste filme.

Este post possui ou não spoilers.

O filme foi produzido pela PlayArte, que não é tão grande assim, e os atores são desconhecidos, menos um neguinho que morre, já vi ele em algum filme famoso, mas enfim. Olhando pela capa você vai se desanimar e lendo a sinopse vai se decepcionar mais ainda. Porém o trailer e até o menu do filme já indicam que ele é bom.

O filme se passa em L.A., aonde um casal vai comemorar o aniversário do amigo. Após a festa, de madrugada, luzes caem do céu. São luzes azuis, bonitas de se ver, porém se você olhar a luz ela te sugará sabe se lá pra onde.

O filme não esclarece de onde os aliens surgem e muito menos o que eles vieram fazer aqui. Mas isso realmente não importa. Os sobreviventes, em especial o casal, que a mulher está gravida, vivem aquele dilema :"Oh my God, ficamos aqui ou nos aventuramos em ir até o iate? Oh meu Deus!". Eles tentam ir até o iate e acaba que dois "morrem", mas outros dois encontram o grupo e um deles morre. Enfim, no final das contas se nota que os aliens "sobrevivem" graças ao cérebro que é retirado daquelas pessoas que olham a luz e são sugadas por ela.

No meio de toda essa guerra também tem uma bonita história de amor, sério. A do casalzinho, que em todo filme só dão um beijo, porém em uma situação bem emocionante: Enquanto estão sendo sugados pela luz.

Dentro da "nave-mãe", creio eu, aparece a mulher e mais um monte de corpos, ela vê espécies de braços arrancando os cérebros dos humanos lá deixados e sai correndo. Até que se depara com o corpo do marido que também tem o cérebro retirado. Chega a vez dela, porém, por ela estar gravida é levada a um outro lugar.
Enquanto isso, o cérebro do marido é colocado em um dos monstros enormes lá, mas um grito de desespero da mulher faz com que ele tome conta do corpo do bichão e saia correndo atrás dela. Ele destrói os "braços" que a seguravam e ela, após ver um gesto que seu marido sempre fazia, o reconhece. Óh, que cute! E o filme acaba junto com o mundo.

Tá, contei o filme. Agora ninguém mais vai assistir! xD
É um bom filme, com ótimos efeitos especiais e atores ruins estreantes. Vale a pena assistir, mesmo você já sabendo o final! =D

"Be Happy!"

Post ao som de: Media Player pausado não vale, né?!