19 de nov de 2010

Mortal Kombat: Armageddon!

Vamos 'Finish Him'? Juntinhos? -n

O último game (até a presente data) de PS2 da franquia mais sangrenta do mundo dos games.
Mortal Kombat nasceu para konfrontar Street Fighter (sucesso na époka) e possuia uma karakterístika a mais, a Fatality.
Logo ganhou fama e kontinuações, deixando o Arkade (fliperamas) e indo direto para os videogames kaseiros.

Todo mundo que eu konheço já jogou Mortal Kombat: Ultimate 3 (SNES). E quase todo mundo pegava sempre o Sub-Zero (cikatriz). Depois do Ultimate 3, Mortal Kombat parou de usar os 'atores' dos personagens e inseriu, então, personagens 3D.

Mortal Kombat teve muitas kontinuações, algumas não tão famosas. As de PS2, pelo kontrário, quase que "reviveram" a série (pelo menos acho eu). O game "Deadly Alliance" markou Mortal Kombat, por ter sido o game em que Liu Kang, protagonista da série, morre "banalmente" (apesar que morrer é morrer). No jogo seguinte Liu Kang volta em forma de Zumbi.

Ainda teve o MK: Shaolin Monks, 1º jogo de fases do MK a fazer um relativo sucesso. Konta a história do Mortal Kombat II.

Mortal Kombat: Armageddon possui todos os personagens de todos os games da série. Também possui modos de kriar personagens e fatalities, esse sendo muito criticado pelos fãs, foi retirado no game seguinte (XBox360 e PS3). Há a possibilidade de fazer personagens de outras séries, desenhos fielmente, como Goku (DBZ), Chun-Li (Street Fighter), Lara Croft (Tomb Raider) e até mesmo Bruce Lee, etc.

Mortal Kombat: Armageddon tem o modo Konquest, implantado a partir do Deadly Alliance, e também o Motor Kombat, uma pequena sátira de Mario Kart, só que adaptado ao mundo MK.

Todos os personagens possuem roupas alternativas, que podem ser kompradas ou liberadas no modo Konquest. A roupa alternativa de Liu Kang é ele em forma humana de novo.

Ao final do Konquest, que é o mesmo que fechar o game no Arkade kom Taven, o final "certo", digamos assim, é revelado. Ao matar Blaze, a energia que atravessaria o corpo de Taven e que deveria ou matar todos ou arrankar seus poderes, atravessa seu corpo, mas nada acontece. Muito pelo kontrário, a energia deixa todos os guerreiros ainda mais fortes.

Depois ainda teve MK vs. DC Comics, que é o 1º Krossover da série. Não tem muito a ver com a história de MK.
Foi anunciado recentemente (nem tanto) que um novo MK seria lançado, que recontaria toda a história de um modo diferente. Obviamente não sairá para PS2 e eu ficarei chupando o dedo, mas... Fazer o quê? (Komprar um Xbox360 é uma boa!)

Bem, é isso!
"Be Happy!"

[Troquei os "C"s por "K"s por ser uma marca registrada da série Mortal Kombat! =D]

Post ao som de: Exo-politics - Muse

Um comentário:

  1. ai tem us guns n roses si não tem e bom mesmo po e ja

    ResponderExcluir